Como sacar o PIS/PASEP de um falecido?

Conheça as possibilidades para resgatar o abono de um titular falecido

É muito comum que familiares se perguntem sobre a possibilidade em resgatar o saldo do PIS/PASEP de um titular falecido.

Acima de tudo e resposta é que esse saque é totalmente possível e de direito do familiar.

No entanto, é preciso atender criteriosamente os requisitos para esse resgate. Quer saber mais? Continue por aqui e entenda detalhes!

Sobre o PIS/PASEP

Acima de tudo, é importante abordarmos que o PIS (Programa de Integração Social) e PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) são contribuições sociais com o propósito de distribuir renda para trabalhadores de baixa renda.

A Caixa Econômica Federal é responsável pelo PIS, enquanto o Banco do Brasil cuida do PASEP. Ambos contribuem para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), que suporta o seguro-desemprego e o abono salarial.

Qual é o processo de saque para cotistas falecidos?

Primeiramente é importante saber que os herdeiros podem sacar esses fundos a qualquer momento, sem a necessidade de esperar por datas específicas.

Portanto, para fazer o saque, o herdeiro deve comparecer a uma agência da Caixa com a documentação necessária, que inclui:

  • documento de identificação;
  • certidão de óbito;
  • o número do PIS/PASEP do falecido;
  • documentos que comprovem o vínculo com o titular, como uma certidão de dependentes habilitados à pensão por morte ou um alvará judicial.

Como solicitar o saque neste caso?

Em suma, para aqueles que não sacaram os fundos nos anos anteriores, a solicitação pode ser feita das seguintes maneiras:

  • presencialmente,
  • por e-mail,
  • telefone;
  • aplicativo do FGTS.

Os endereços de e-mail e números de telefone variam de acordo com o estado do solicitante.

Por isso, o ideal é consultar a Caixa caso o abono do falecido cotista seja PIS ou Banco do Brasil sendo PASEP.

Todos esses métodos são viáveis e escolher entre eles depende da conveniência do familiar responsável pelo saque do saldo disponível.

Solicitando pelo aplicativo

Como o aplicativo oferece maior comodidade a família, é bastante comum que o responsável pelo saque o realize de maneira online.

Para isso basta seguir o seguinte passo a passo:

  • Acesse o app FGTS e selecione a opção “Meus Saques’;
  • Em seguida clique em “Outras Situações de Saque”;
  • Depois disso selecione “Falecimento do Trabalhador”;
  • Para concluir leia com atenção as informações e documentos solicitados para anexá-los e posteriormente receber o valor em conta.

Em todas as opções de saque os documentos serão os mesmos já mencionados no trecho acima.  Portanto,  é importante possuí-los de forma organizada independente do tipo de saque.

Este guia prático oferece um caminho claro para os familiares que buscam acessar os benefícios PIS/PASEP de um parente falecido, assegurando que o processo seja feito com eficiência e dentro da legalidade.

0

Carregando, aguarde…