Saiba como controlar seu dinheiro no final de ano

Primeiramente, vamos lembrar que são muitos os excessos de gastos financeiros no final do ano!

Pois, é justamente nessa época que as pessoas realizam as comemorações como natal e réveillon.

Mas, com estas festas também chega o décimo terceiro de todos os brasileiros, alguns tiram suas férias nesse período, outros vão viajar, enfim tem uma infinidade de oportunidades.

Porém, junto com essas oportunidades, que muitos acabam se endividando de tal forma que muitas vezes viram o ano, e ainda estão com centenas de dívidas acumuladas.

Dessa forma, seu descontrole no final do ano acaba passando dos limites, pois muitos não resistem a tentação de gastar.

Então, para que possa orientar-se separamos alguns tópicos nesse artigo, com dicas que podem te ajudar.

Não prejudique suas finanças no final do ano

Todos nós sabemos que no final do ano, grande parte da população em todos os países as pessoas costumam viajar, e fazer passeios em muitos lugares.

Da mesma forma, que todos saem as compras nessa época do ano, seja para comprar presentes para parentes e amigos, ou até mesmo para si próprio.

Então, torna-se frequente as tentações das ofertas feitas pelo comércio em geral, no qual quando mesmo imagina não tem mais nem um dinheiro em mãos.

Saiba como controlar seu dinheiro no final de ano
Saiba como controlar seu dinheiro no final de ano

Sem contar com os gastos excessivos no final do ano, com festas, supermercados, roupas entre outros. Assim, como as pessoas que aguardam o 13° para trocar seus móveis, celulares ou eletrodomésticos.

Mas, para que você não venha se endividar, analise cuidadosamente essas simples dicas, as quais farão toda diferença no seu bolso.

Destaque quais são as suas reais prioridades

Primeiramente, ao iniciarmos uma rotina financeira já devemos ter orientações, de que o mais correto é sempre focar nas prioridades da vida.

Dessa forma, quando decidir agir pensando nas prioridades, estará apenas contribuindo para chegar ao estágio de um adulto, e sem dívidas acumuladas.

Então, vamos mencionar a antiga e mais eficaz orientação, que é fazer uma lista das suas reais prioridades, e sempre colocando o mais importante em 1° lugar.

Consequentemente, caso reste algum valor ai sim você poderá suprir as outras necessidades, as quais chamamos de 2° plano.

Mas, nunca deixe de considerar todos seus gastos, desde o mais simples ao primordial como: saúde, alimentação, aluguel e prestações.

Enfim, coloque tudo na ponta do lápis, para que não faça excessos de gastos financeiros no final do ano!

Quanto antes procure quitar suas dívidas

É obvio que não é nada fácil, de uma hora para outra quitar algumas dívidas, não é mesmo?

Principalmente, quando se refere a parcelas de casa, terrenos, financiamentos de carros entre outros. Mas, é possível ir adiantando assim que possível as dívidas menores.

Também, procure negociar suas contas se tiver com dinheiro em mãos, pois muitas pessoas por vergonha de manter um dialogo, acabam procurando falsas instituições que dizem comprar e negociar suas dívidas.

Portanto, não se prenda a essa opção e negocie você mesmo, seja em lojas ou bancos, ou até mesmo com instituições de cartões de crédito, aonde o juros é elevadíssimo.

Assim, orientamos que primeiramente siga o padrão de quitar as dívidas com o juros mais elevado.

Organize-se antes do final do ano

Geralmente, grande parte dos especialistas em economia financeira, orientam as pessoas a se organizar financeiramente antes mesmo de receber.

Neste caso, ao receber o último número de férias ou décimo terceiro, é importante ter em mente os gastos com o orçamento mínimo como, IPVA, Mensalidades escolares, IPTU, Seguro de carro entre outros itens.

Mas, quando você estiver com dinheiro em mãos, solicite bons descontos e faça seus pagamentos na vista.

Não faça excessos de gastos financeiros no final do ano com presentes de Natal

Antes de mais nada, essa é uma época do ano em que os brasileiros mais gastam com presentes, de todos os tipos e para todas as pessoas que vivem ao redor.

Mas, vamos entrar na realidade atual e financeira para que não ocorra meses, você não irá se entregar ao extremo?

Então, comece a partir de agora e elimine a quantidade de presentes que tem o hábito de dar, mas se por algum motivo não desejar abrir mão  desses presentes, então mude a estratégia. Mas, como fazer!

Se houver uma grande família e o hábito de presentear todos, então faça um planejamento financeiro, no qual todo mês você compra um presente. Entendeu?

Pois essa é uma forma de economizar seu dinheiro, pois nessa época as coisas ficam mais caras!

No entanto, se você incluir os poucos descontos diversos durante o ano, sem dúvidas não terá excesso de gastos em um único mês.

Portanto, também vale lembrar que o natal é um dia de confraternização entre os familiares, ou seja, o presente na realidade não é prioridade.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

0

Carregando, aguarde…